Diogo Robalo

A nova terminologia do Marketing.

Bombardeiam-nos todos os dias com novas palavras e novos conceitos. As áreas do Marketing e Tecnologia são particularmente dinâmicas quando se trata de novos “palavrões”, quase sempre em inglês. Este artigo tem como objectivo ajudar a compreender o significado de alguns. Sobretudo aqueles relacionados com um workshop que estou a desenvolver e que se chama “Content e Inbound Marketing”. Lá está: o próprio título integra 2 destes novos conceitos e tem dado origem a perguntas sobre o seu significado. Tentarei explicar de forma sucinta alguns deles. Usarei sempre a sua grafia original em inglês para simplificar a sua pesquisa mais aprofundada.

Content Marketing. Mais do que uma metodologia content marketing, ou marketing de conteúdo(s), é uma abordagem ou filosofia que sugere que o ponto de partida para abordar o mercado é através do conteúdo. Ao criar e distribuir conteúdos interessantes e relevantes, as marcas angariam interesse e confiança por parte dos Consumidores. Em vez de “vender” as marcas atraem a compra. Isto faz sentido em mercados sofisticados e com acesso a informação. Ver a definição em inglês do Content Marketing Institute.

Inbound Marketing. Esta metodologia tem um autor identificado na empresa HubSpot. Inbound poderá ser traduzido como “de fora para dentro” e reforça a idea do Content Marketing de que a força de vendas é o próprio Consumidor. Os 4 passos desta metodologia são “atrair”, “converter”, “fechar” e “agradar” (attract, convert, close, delight).

Buyer Persona. A ideia é criar modelos de Consumidor baseados em pesquisa e dados. Estas personas (ou avatars) são criados com nome e perfil próprio de modo a serem tão realistas quanto possível. O objectivo de criar buyer personas é ajudar no desenvolvimento de conteúdos que provoquem interesse no grupo de consumidores/audiências representados. Por exemplo: Rita Lemos, 42, divorciada, 2 filhos adolescentes (Constança, 15 e Manuel, 13) consultora de RH, €30k/annum, adora viajar e jantar com amigas. Este perfil deverá ser tanto quanto possível baseado em dados como questionários, análise de media social, etc., mas deverá ser também tão genuíno e real quanto possível.

Buyer’s Journey. Discovery, consideration, decision. Descobrir, considerar e decidir. Estes são as 3 paragens desta viagem, que começa com a tomada de conhecimento sobre o produto ou serviço, estar disponível para considerar comprar e finalmente a tomada de decisão em comprar. Também aqui é reforçada a ideia de que o percurso começa a jusante e acaba a montante, i.e. na marca ou empresa que está a vender o produto ou serviço.

Outbound link. Uma ligação para uma landing page ou outro espaço onde a audiência pode recolher mais informação.

Desenvolvido no contexto dos Workshops Marketing Insights by Filipe Gill. Acções de formação de 2, 4 e 8 horas para empresas, instituições profissionais e estudantes. Outros workshops: Branding: why is it important. e Creative Cloud for Marketeers. Em Português e Inglês. Em parceria com ieC Formação.

1 Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *